Brasil

Rose diz que é independente e que segue pedidos de eleitores

Deputada que vira e mexe é acusada de \'traição\' dentro do PSDB explicou posicionamento durante entrevista no TopMídiaNews

Publicada em 14/09/21 às 14:33h

por Vida Nova FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

A deputada federal Rose Modesto (PSDB) defendeu seu posicionamento de independência na atuação e no mandato. A parlamentar explicou durante entrevista ao programa Papo Reto do TopMídiaNews que não existe traição dentro do PSDB e que a postura é respeitosa seguindo pedidos da base eleitoral quando se trata de votar pautas polêmicas.

"Eu tenho um posicionamento muito independente, e inclusive até em relação ao partido. Se você olhar o meu mandato vai ver que me posiciono em muitos momentos junto com o meu partido e em outros contra o meu partido, porque eu sigo o que a população me pede. Eu sigo o que o meu eleitor e a minha base eleitoral solicita."

Modesto justificou, por exemplo, que votou a favor do voto impresso/auditável porque os seus eleitores pediam mais transparência nas eleições. Para ela, o ideal é que os agentes políticos entrem em acordo para realizar o melhor para o país. “Nem o Bolsonaro, nem o Lula, e nem o PSDB é maior que o Brasil.”

Porque a necessidade de trocar de partido?

A deputada foi convidada por pelo menos seis partidos e mantém diálogos para possível saída do ninho tucano. Ela explica que não decidiu nada, e que por vezes o seu nome é dito por outros agentes políticos, como há alguns dias, quando um vereador do Podemos citou o nome dela como candidata pela sigla. Rose destacou também que é amiga pessoal do presidente do Podemos, Sergio Murilo há 20 anos, mas que isso não significa que esteja no partido. 

Ela esclarece que há um convite oficial do Podemos para migrar, mas que o momento não é focar em mudar de partido e sim de trabalho. 

“Primeiro, eu disse que estamos analisando. Vamos ver as mudanças na legislação ainda, se vai haver coligação ou não e questão de espaços. Por exemplo, se não houver a coligação, o PSDB vai ficar com todos os seus deputados federais sabendo que nem um partido vai eleger tantos deputados? É questão de espaço mesmo. Todo mundo tem seus sonhos, dentro do PSDB e a gente tem que ter compreensão e respeitar isso."

Rose destaca que além do Podemos, recebeu convites do PSL, PP, PSB entre outros. "Eu vou olhar para essa questão com calma e ver qual é o melhor partido. Até, abril do ano que vem eu vou decidir. Como estou muito presente em Brasília e convivendo mais com os líderes dos partidos,  é natural que os presidentes façam esses convites.

Jogando contra o PSDB?

Perguntada se joga contra o PSDB, a deputada negou de forma veemente, e reforçou o trabalho por melhorias, trazer emendas ao Estado e o que couber ao mandato.

“Não, não. Não estou jogando contra. Como eu acredito que o PSDB não me deu legenda para disputar a Prefeitura de Campo Grande ano passado por questões de espaço e não porque está contra mim. E eu com chances reais da disputa. Mas, entendi e sempre procuro ser compreensiva. O governador [Reinaldo Azambuja] tinha o compromisso com o prefeito Maquinhos Trad, e a gente sabe que a política é questão de espaço. É legitimo cada um buscar o seu espaço onde tem. Toda a relação que venha a terminar um dia tem que haver respeito."

Veja a entrevista:

 

FONTE: TopmídiaNews




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 67 9 9907-1049

Visitas: 3089723
Copyright (c) 2021 - Vida Nova FM - Associação Comunitária de Comunicação Social de Deodápolis