Segunda-feira, 26 de Agosto de 2019
Campo Grande

Motorista de aplicativo é sequestrado e suspeitos batem carro durante fuga

Publicada em 11/02/19 às 10:04h

por Vida Nova FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Autora foi detida por populares, comparsa fugiu para mata, mas foi preso  (Foto: )

Um motorista de aplicativo de 44 anos foi feito refém por Abadiana de Oliveira Rodrigues, 23 anos, presa em flagrante, e por Paulo Henrique Araújo Berigo, de 32 anos. O crime aconteceu por volta das 2h deste domingo (10), na avenida Nasri Siufi, na Vila São Jorge da Lagoa, em Campo Grande.

Conforme informações do boletim de ocorrência, por volta das 2h, a viatura da Força Tática recebeu informação de que um carro Voyage de cor branca, tinha sido roubado, sendo visto próximo a uma casa de shows na avenida Nasri Siufi. Populares informaram à polícia que o carro estava na rua Lagoa Bonita, há duas quadras da avenida.

Os policiais chegaram ao local informado e encontraram o carro em cima da calçada. Paulo que conduzia o veículo, perdeu o controle de direção e colidiu no muro de uma casa e o derrubou.

No local, os policiais encontraram apenas Abadiana, detida por populares. O dono do carro contou que por volta de 23h30 de sábado, estava na rua Pará, esquina com a avenida Marechal Deodoro, quando a suspeita entrou na frente do Voyage, fazendo a vítima reduzir a velocidade.

Paulo, armado com arma de fogo, chegou ao lado da janela e anunciou o assalto. O suspeito fez o motorista passar para o banco de trás, sendo coagido pela jovem, armada com uma faca.

O bandido seguiu em direção a Sidrolândia e nas proximidades de uma fazenda, amarraram a vítima com um cadarço e a colocaram no porta-malas.

Depois, os autores dirigiram por muito tempo, segundo a vítima, até colidirem no muro.

Conforme a vítima, durante o tempo em que ficou sob o poder dos bandidos, foi possível perceber que os autores efetuaram um roubo e que compraram R$ 50 em droga. Após a colisão, a vítima foi socorrida por outros motoristas do aplicativo.

No banco de trás do carro, foi encontrada a bolsa da suspeita e uma faca de cabo azul, um simulacro de arma de fogo e a carteira da vítima.

Segundo testemunhas, o autor que conduzia o veículo saiu correndo após a colisão, em direção a mata da avenida Nasri Siufi. Depois de pegar as primeiras informações, a Polícia Militar realizou diligências para identificar o comparsa da mulher. Após algum tempo, encontrou Paulo Henrique.

Abadiana foi presa com hematoma no ombro direito e outro na perna esquerda e reclamava de dores na região das costelas do lado esquerdo. Essas lesões, segundo a suspeita, foram causadas pelas pessoas que a seguraram no local.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 67 9 9907-1049

Copyright (c) 2019 - Vida Nova FM - Associação Comunitária de Comunicação Social de Deodápolis